Temer na cadeia Aécio na cadeia

Temer na cadeia Aécio na cadeia
Copiem e colem em seus perfis

segunda-feira, 27 de junho de 2016

À LUTA

À LUTA

Dessa luta
Eu não me retiro
Porque minha a força
Vem da labuta

É tanto filho da pátria
Numa pá
A intolerância resulta
No trá-trá-trá

E cada dia é mais um tiro
Que saiu pela culatra
De escopeta e de fuzil
Não é espoleta, é na lata

E acerta a cara do Brasil
Quando olho para o lado
Tem mais um corpo estendido
Assassinado

Muita gente só quer o topo
E nem sabe de que
Topa tudo por dinheiro
E deixa o país sem comer

A volta à fome faz parte do regime
Civil ou militar
É o mesmo crime
O particular se imprime

Sobre qualquer estatal
Privatizar é a palavra de lei
Fico sem ar
O que fazer eu já sei

Mobilizar
Ir contra aquele que oprime
Fazer batucada pra reclamar
Vamos juntar um milhão

Porque aturar
Esse bando de ladrão
É por tudo pra desabar
Chega de corrupção!

Vamos essa história mudar
Onde o pobre só serve
Para morar no camburão
E o preto pra escravidão

Mesmo sem algema
É visto como problema
E mandado pro caixão
Quando é ele o cidadão

Parte do elo
Então, vamos pro duelo
Com a foice e o martelo
 Criar a solução

Aroldo Historiador
27/06/2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário