Temer na cadeia Aécio na cadeia

Temer na cadeia Aécio na cadeia
Copiem e colem em seus perfis

domingo, 19 de junho de 2016

MINHA CINDERELA


Serra
És minha terra!
De ti sempre sentirei saudade
Se estou longe
A felicidade
Por inteiro se encerra
Ao amanhecer
Os passarinhos deixam seus ninhos
E transformam em orquestra
Toda a floresta
A florescer
Em festa
Até o meu quintal
Onde a verde verve vive
É tudo tão surreal...
Então, surge o vermelho sol
E Pacoti fica ainda mais bela
Do inverno à primavera
A minha Cinderela
Doce dama de aquarela
Em seu vestido de arrebol
Não entendo porque matam
As tuas árvores
E o teu rio
Destruindo o brio
Da tua atlântica mata
Gente ingrata!
De mente abstrata
Cabeça putrefata
E coração sombrio

Aroldo Historiador
19/06/2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário