Temer na cadeia Aécio na cadeia

Temer na cadeia Aécio na cadeia
Copiem e colem em seus perfis

segunda-feira, 12 de setembro de 2016

CONVERSA COM O HISTORIADOR EUCLIDES GARCIA DE ALMEIDA, UM SOBREVIVENTE DA DITADURA

CONVERSA COM O HISTORIADOR EUCLIDES GARCIA DE ALMEIDA, UM SOBREVIVENTE DA DITADURA

Tudo o que está em azul são palavra do Aroldo Historiador e as sem grifos são do Historiador Euclides Garcia. Fiz alguns consertos nas fala para ficar mais compreensível e com alguns cortes para frisar apenas o que interessa e não ficar repetitivo: 

28 DE AGOSTO DE 2016 15:29
Acho que temos muitas coisas em comum, iniciando pela ideologia! Tenho uma "Exposição LIBERDADE SEMPRE" (vide in Youtube/Google) e um Projeto pedagógico para REALMENTE implementar a lei MEC 11.645/2008 .VAMOS TROCAR IDÉIAS?
28 DE AGOSTO DE 2016 17:35

3 DE SETEMBRO DE 2016 16:35

Olá Aroldo! Acabo de chegar de uma semana no IV Congresso de Direitos Humanos. Deu pra Além do Curso e a Exposição sobre a ditadura falar sobre toda essa trama neoliberal e conservadora pra tirar a Dilma e apoiar o cunha no fatiamento do Senado. Pena que não éramos senadores lá!

Pois é. Eu fiz uma poesia à garota que perdeu o olho na manifestação:

Tem um filme bom chamado o dia que durou 21 anos

Agora mais que nunca preciso percorrer as escolas com minha Exposição.
Sei!

O observatório da imprensa também têm muitos documentários.

Sim, eu tenho muitos filmes que uso na minha Exposição
O duro vai ser eu conseguir Universidades pra passar a Exposição!

Você faz História?

Agora talvez seja cada vez mais difícil, até na TV Brasil o Temer já começou demitindo. Na minha monografia os dois últimos capítulos eu falo contra a Escola sem Partido, eu fiz História, agora pós em Gestão Escolar. 

Eu criei um arquivo público na minha cidade e um pequeno jornal. Que por enquanto se mantém mais virtual.



Sim.Eu tenho um Projeto pra implementar a lei MEC 2008, que não estava sendo aplicado, por culpa de professores evangélicos e outros preguiçosos ou sem bagagem. Mas, agora vai ficar pior.

Interessante o jornal.

Tem a página também no Face. Na verdade a ideia era para ser um jornal universitário, mas a gente se formou e continuamos com ele

Hoje em dia é necessário mais ainda de uma imprensa amadora independente, já que temos a grande imprensa vendida,como sempre foi.

Hunrum. Por isso a ABRAJI chama a gente que tem blog de jornalistas independentes, eu ainda entrei em dois cursos online da ABRAJI só que não deu certo concluir, mas o que eu aprendi fez o Delfos ter mais acessos, muito mais.

FUI DA ÉPOCA EM QUE A IMPRENSA INDEPENDENTE ERA CHAMADA DE "NANICA". INCLUSIVE FIZ PARTE DE UM EM CURITIBA, QUE SE CHAMAVA "SCAPS" PORQUE CONFORME A REGRA DO JOGO DA "BURICA", (BOLINHAS DE GUDE) QUANDO SE VAI DISPARAR E ERRA PODE GRITAR "SCAPS" E TEM O DIREITO DE ATIRÁ-LA DE NOVO. 

ASSIM, SE A CENSURA APREENDE-SE-"SCAPS" E PODERÍAMOS LANÇAR DE NOVO (CLARO QUE NÃO NÉ!!!)

As bilas contra os cavalos, né? Não tem como não cair rsrs
Essa parte da imprensa "nanica", aí uma coisa que eu não sabia
bila = bola de gude. O senhor fez parte de jornal?

POIS É RARO QUE ALGUÉM JOVEM COMO VOCÊ SAIBA DAS BOLINHAS DE GUDE. USEI, MAS EU TENHO 69 ANOS.

Acho que eu vi no livro da Olga.

NAS PASSEATAS USÁVAMOS BOLINHAS DE GUDE PRA DERRUBAR OS CAVALOS OU ENTÃO ROLHAS E FUNCIONAVA BEM!

Eu tô dando uma olhada no livro "Brasil: nunca mais".Desde criança que eu queria ler, minha mãe proibiu e nunca mais eu tinha achado rsrs Mas uma vizinha tem e me emprestou.

FOI UMA PROEZA A REALIZAÇÃO DELES.

Com certeza, até a pé a gente cai se pisar em cima.

POIS OS ADVOGADOS PEDIAM OS PROCESSOS PRA XEROCOPIAR, E FAZIAM ISSO SUPER RÁPIDO E DEVOLVIAM E AS CÓPIAS FORAM PRA FORA DO PAÍS, PRA FICAR EM SEGURANÇA. 

AINDA USÁVAMOS PREGOS DE 3 PONTAS PRA FURAR OS PNEUS.

EU DEI UM CURSO NO CONGRESSO RECENTE SOBRE "DEPOIMENTOS DE UM SOBREVIVENTE".

Hum. Igual nos filmes?

AFINAL TENHO MAIS VIDAS QUE 3 GATOS JUNTOS.

Hahaha
  
VEJA ALGUNS EXEMPLOS [mandou-me alguns escâneres de jornais que estão em anexo no final desta conversa] 

ESSE FOI UM AMIGO JÁ FALECIDO QUE FOI UM DOS PRIMEIROS EXILADOS A SER SEQUESTRADOS EM MONTEVIDÉU. 

EU FUI UM DOS MAIS DE 14 SEQUESTRADOS. MAS SOU O ÚNICO QUE FOI SOLTO PELO ESCÂNDALO DE IMPRENSA LOCAL.

É por isso que não devemos ceder agora. A esquerda atual precisa de inspiração.

Eu vi no observatório da imprensa que advogados fazendo o doi codi declarar que tal ou qual preso realmente estava preso para evitar mortes.

ESSA FOI A PRIMEIRA REPORTAGEM APÓS EU TER AVISADO OS JORNAIS, E AINDA PRESO EM MONTEVIDÉU.

ESTÁVAMOS EU E CLÁUDIO PRESOS NA CHEFATURA CENTRAL E CONSEGUI CONVERSAR COM O CLÁUDIO POR UM PENTE MEU E FIZEMOS UM PLANO. 

QUANDO DESCEMOS PRA CALÇADA PRA ENTRAR NO CARRO DOS AGENTES CLÁUDIO FEZ O COMBINADO NO PLANO E FINGIU QUE IA FUGIR E TODOS OLHARAM PRA ELE E FIQUEI LIVRE PRA JOGAR NO ASFALTO UMA NOTA DE 100 PESOS URUGUAIOS QUE ESTAVA COSTURADO COM UM PEDAÇO DE PAPEL COM UM BILHETE SOBRE NOSSO SEQUESTRO.

FOMOS LEVADOS PRA UM QUARTEL ONDE FICARÍAMOS ATÉ ACABAR AS MANCHETES QUE SAÍRAM EM TODOS OS JORNAIS DA CIDADE POR 1 SEMANA E QUANDO FORAM NOS BUSCAR PRA LEVAR DE AVIÃO PRA FRONTEIRA DO BRASIL JÁ TÍNHAMOS OUTRO PLANO.

NOSSO 2º PLANO ERA O DE CORTAR AS VEIAS DO BRAÇO COM UM PEDAÇO DE VIDRO QUE CLÁUDIO TINHA PRA LIMPAR SEU CACHIMBO E FICOU ESCONDIDO NUMA MESA NO ALOJAMENTO E NOS DIVIDIMOS EM TURNOS, DE MANHÃ EU FICARIA NO ALOJAMENTO E CLAUDIO NO PÁTIO E DE TARDE EU NO PATIO E CLÁUDIO NO ALOJAMENTO. 

QUANDO EU ESTAVA NO FIM DA TARDE NO PÁTIO ENTROU A VIATURA POLICIAL E GRITEI PRO CLÁUDIO, QUE CORTOU AS VEIAS DO BRAÇO. 

O POLICIAL FICOU MUITO PREOCUPADO, POIS LHE FALTAVA 2 MESES PRA SE APOSENTAR E POR ISSO ELE LEVOU CLÁUDIO PRO HOSPITAL MAIS PRÓXIMO ONDE O MÉDICO QUE LHE FEZ A SUTURA DAS VEIAS FOI O MÉDICO CANCEROLOGISTA TABARÉ VASZQUES.

Nossa!

O senhor deveria mesmo fazer um texto contando isso e ao mesmo tempo criticando esse governo atual, passando pela questão do golpe militar e do golpe em Jango com aquela operação Coehn
para derrubar o avião dele.

ERA OUTRO O NOME DO PLANO DE DERRUBAR O AVIÃO PRESIDENCIAL, MAS OS SARGENTOS DA AERONÁUTICA COLOCARAM OS PENTES DE BALAS AO CONTRÁRIO E NÃO FUNCIONARIA SE ATIRASSEM.

QUEM ME CONTOU ISSO FOI ATOR CENTRAL DA GUERRILHA DE CAPARAÓ, ARAKEN.

O senhor era estudante na época?

Há um documentário em que um assessor do Kenedy assume que teve um dedo no golpe militar do Brasil.

Alguns jornalistas daqui foram até os EUA entrevistá-lo.

CLARO, MAS NÃO FOI SÓ UM DEDO, ENFIARAM O BRAÇO TODO DENTRO.

HOUVE UM AGENTE DA CIA QUE ESTAVA NA EMBAIXADA NORTE-AMERICANA NO BRASIL TREINANDO COMO TORTURAR E DEPOIS FOI PRA MONTEVIDÉU E FOI FUZILADO PELOS TUPAMAROS LÁ.

No "Brasil: nunca mais" e num filme, acho que "O que é isso companheiro?" relata-se esses agentes dando palestras ensinando os soldados do exército Brasileiro a torturar. Principalmente no pau de arara

EU TENHO UMA BIBLIOTECA DE UNS 400 LIVROS ENTRE NOVOS, ANTIGOS E RAROS E UMA HEMEROTECA DE CENTENAS DE JORNAIS NANICOS ENTRE OS MAIS IMPORTANTES E PRETENDO DIGITALIZÁ-LOS PRA AJUDAR UNIVERSITÁRIOS QUE DESEJEM FAZER TCC, MESTRADO OU DOUTORADO SOBRE A DITADURA, QUALQUER QUE SEJA O TEMA INTERNO: SAÚDE, EDUCAÇÃO, REPRESSÃO, ECONOMIA, CORRUPÇÃO, ETC.

TENHO UM JOGO USADO PRA ALUNOS DE 9ºANO COM PRÊMIO AOS VENCEDORES DE 1 LIVRO SOBRE A DITADURA DE UM AMIGO EXILADO COMO EU.

Show. Isso é muito bom. Eu sou o primeiro da fila que quererá ler.

Eu acho interessante esses outros lados da História. Eu tenho um blog de alguns artigos. Quando eu consigo descobrir algo novo:

  
ELES DIZIAM QUE NÃO TINHAM PRESOS POLÍTICOS, DEPOIS QUE NÃO TINHAM MORTOS, DEPOIS QUE NÃO TINHAM TORTURAS. SE PUDER AMPLIE ESSAS FOTOS E VEJA SE NÃO MORRERAM NA TORTURA.

MINHA EXPOSIÇÃO É GRATUITA, MAS COMO NÃO TEM APOIADORES NECESSITO DE SUBSÍDIO PARA VIAGEM E PRA HOSPEDAGEM E ALIMENTAÇÃO ENQUANTO ESTIVER.

QUAL É MESMO TUA CIDADE?

Pacoti. Interior do Ceará

ESTIVE EM TOUR DE ÔNIBUS ATÉ PERNAMBUCO NAS FÉRIAS DE JULHO.VEJAM A POSSIBILIDADE DE EU LEVAR AÍ A EXPOSIÇÃO E SEUS MÓDULOS.

PRA MIM NÃO PRECISA NADA CHIC. POSSO FICAR MESMO EM REPÚBLICA DE ESTUDANTES.POIS, JÁ FUI EM UNIVERSIDADES, SEMANA DE HISTÓRIA, MAS SEM VERBA E DEMOS UM JEITO!

ESTOU ME APOSENTANDO E ANTES DISSO TENHO DISPONIBILIDADE TOTAL PRA VIAGENS POIS ESTOU READAPTADO

Ia ser massa

ALÉM DA EXPOSIÇÃO TENHO OUTRO PROJETO NA MINHA CIDADE QUE É UMA ASSOCIAÇÃO DE ARTES VISUAIS, ONDE VOU ENSINAR FOTOGRAFIA E CERÂMICA NAZCA. E TENHO UM PROJETO DIDÁTICO DE ENSINAR SOBRE O NEGRO E O ÍNDIO NO CURRÍCULO ESCOLAR DESDE PRÉ-PRIMÁRIO ATÉ 3º COLEGIAL E EM TODAS AS DISCIPLINAS.

INFELIZMENTE PROFESSORES EVANGÉLICOS ESTÃO SENDO CONTRÁRIOS AO ENSINO DISSO E BOICOTAM AO MÁXIMO.

Massa. Aqui tem um campus experimental, onde poderia ser, só que o professor que administra vai mudar, eu verei depois se fico conhecendo o que substituirá.
Vamos desenvolver a ideia das palestras ou pensar algum projeto

DOM 23:55

Ando por todo lado com minha exposição e palestra mostrando que o golpe de hoje é o mesmo de 1954 ,55 e 64                                                                                                                                                   
Inclusive o livro 'Brasil: nunca mais" explica bem a infiltração dos militares no poder

Tem muito mais do que você imagina. Sabia que a ditadura se estendeu por 21 anos porque o aparelho repressivo era gigante? 200 mil pessoas trabalhando nele em perseguições, tortura, e investigações de escrivaninha.

Ganhavam O DOBRO OU MAIS RECEBENDO DE INDÚSTRIAS ALÉM DO SALÁRIO DA POLÍCIA OU DO EXÉRCITO. 

E AINDA TINHA UM EXTRA BEM GORDO QUANDO ERA OPERAÇÃO NO EXTERIOR. ASSIM QUE O DELEGADO FLEURY COMPROU UM BIG IATE.

Eita!

AGORA VOU PRA UBERLÂNDIA APRESENTAR MINHA EXPOSIÇÃO.

Fui fundador do PT em 79 em contagem e em Araçatuba em 82.

Eu estou no fim da vida, nem preciso me preocupar tanto, com meus 69 anos.

Vi um homem ontem aqui com 99 anos.

SIM,MAS EU JÁ CORRI MAIS RISCOS QUE 3 GATOS TÊM DE VIDAS: TERREMOTO, NEVASCA, VULCÃO, AFOGAMENTO, TORTURAS, CAPOTAMENTOS, QUEDAS DE GRANDE ALTURA, DOENÇAS GRAVES, ETC.

kkkkk

Sou quase a prova de fogo!

Tava me lembrando aqui do James Bonde rsrs

Então, vou te mandar agora os jornais e explicar o que eu fiz que você vai me chamar de 007.

Só que tinha que ter um Bond historiador rsrs 
007 contra Temer.

Eu e o meu amigo Claudio morávamos numa pensão e estávamos refugiados, mas tínhamos pedido asilo político. Um dia ao entrarmos na pensão fomos algemados e íamos sendo levados pra viatura, mas eu contei rápido pro Cláudio que não poderíamos ficar separados e tínhamos que nos comunicar, e um meio disso era por um pente. Usando uma linha amarrada no dente da ponta e usando os dentes grossos como se fossem letras do alfabeto e os dentes finos com se fossem números.

Quando fomos levados pra chefatura de polícia central, no 4º piso,  eu recebi minha maleta que tinha sido levada pra ver se tinha fundo falso e nela tinha linhas preta e agulha e linha branca e botões, pois eu, na clandestinidade por 5 meses, tinha que cerzir minha roupa e colocar botões.

Então, eu escrevi uma mensagem e pedi pro carcereiro levar o pente pro Cláudio, ele levou e Cláudio foi soltando alinha e lendo e depois escreveu resposta e o carcereiro me devolveu. Como eles tinham medo que nós influenciássemos os carcereiro e por isso eles ficavam só 2 horas e eram trocados por outro. Assim, conversamos com o pente e marcamos o plano A.

Quando de noite nos obrigaram a descer até a calçada do térreo, o Cláudio fez o que tínhamos combinado e assim fingiu que ia fugir e todos olharam pra ele e eu fiquei livre pra jogar uma nota de 100 pesos no asfalto, .a nota estava BEM DOBRADA PRA NINGUÉM REPARAR QUE ERA DINHEIRO E PORQUE EU USEI UMA NOTA GRAÚDA DE 100 PESOS QUE EQUIVALIA A UNS R$25O DE HOJE. 

FOMOS LEVADOS PRA FICAR PRESOS NUM QUARTEL MILITAR E DEPOIS SOUBEMOS QUE 2 MULHERES ACHARAM O DINHEIRO COM ANOTA ESCRITA E LEVARAM PRO JORNAL,.

A denúncia sua escrita na nota? Vocês criaram um código.

LÁ NO QUARTEL TÍNHAMOS APENAS 2 LOCAIS: O ALOJAMENTO, QUE ERA VAZIO E TINHA APENAS UMA MESA DE MÓVEL, E ONDE ESCONDEMOS UM PEDAÇO DE VIDRO FINO QUE CLÁUDIO USAVA PRA LIMPAR O CACHIMBO. 

ESTUDAMOS ONDE CORTAR AS VEIAS DE MODO QUE FOSSE APENAS UM TEATRO, NÃO PRA REALMENTE MORRER. E FIZEMOS UM RODÍZIO ONDE EU FICAVA NO ALOJAMENTO DURANTE A MANHÃ E CLÁUDIO NO PÁTIO. E SE VISSE ENTRAR O CARRO DA POLÍCIA ME AVISARIA PRA EU CORTAR MINHAS VEIAS E DE TARDE ERA ELE QUE FICAVA NO ALOJAMENTO.

EU ESTAVA NO PÁTIO E ERA QUASE DE NOITE E CHEGOU A VIATURA E ME AVISARA QUE IRÍAMOS PEGAR AVIÃO ATÉ A FRONTEIRA E GRITEI PRO CLÁUDIO E ELE CORTOU AS VEIAS DO BRACO E O POLICIAL TINHA SÓ 2 MESES PRA SE APOSENTAR E FICOU NERVOSO POIS PODERIA SER DEMITIDO, POIS Uruguay era democracia E O QUE FAZIAM ERA CONTRA A LEI.

ASSIM, ELE LEVOU O CLÁUDIO O MAIS RÁPIDO POSSÍVEL PRO HOSPITAL MAIS PRÓXIMO, QUE ERA O HOSPITAL MILITAR. 

QUEM OPEROU CLÁUDIO FOI O DR TABARÉ VASQUEZ, QUE ERA MÉDICO CANCEROLOGISTA, E HOJE É O PRESIDENTE URUGUAIO, E FOI ANTES DO MOJICA.

ELE CHAMOU O JORNAL E CLÁUDIO DEU ESSA ENTREVISTA E TIRARAM A FOTO DELE.

Hum, então havia um acordo com soldados do Uruguai e os ditadores do exército brasileiro? Mas, sem o governo do Uruguai saber?

O PRESIDENTE ERA GOLPISTA MAS OS DEPUTADOS E SENADORES NÃO SABIAM. 

Hum. Agora, entendi.

No caso, eles poderiam derrubar o presidente de lá se descobrissem. 

E não houve só o dedo dos EUA nos golpes do Brasil e sim de mais gente de outros países.

EU FUI LEVADO PRA PRISÃO CENTRAL E NO 4º PISO NA MESMA CELA DE ANTES E CHEGARAM PRA MIM 2 POLICIAIS DIZENDO QUE O CLÁUDIO MORRERA SE ESVAINDO EM SANGUE E EU SERIA FUZILADO PELA MANHÃ DO DIA SEGUINTE.

Eita! E escaparam pela denúncia da nota de 100 pesos? Os jornais no caso devem ter criticado muito o presidente da época.

UM POLICIAL DEMOCRÁTICO OU DE ESQUERDA OUVIU ISSO E FOI ATÉ O JORNAL DE FRENTE E ELES TIRARAM TODAS AS MANCHETES DA 1ª PÁGINA, 2ª PÁGINA E ÚLTIMA PÁGINA. FIZERAM DE TUDO PRA TERMINAR A IMPRESSÃO 1 OU 2 HORAS ANTES DO JORMAL E ACORDARAM O DONO DA BANCA DE JORNAIS QUE FICAVA EM FRENTE DA CHEFATURA DE POLÍCIA CENTRAL ONDE EU ESTAVA. 

FORRARAM À BANCA PELOS 4 LADOS COM AS 3 PÁGINAS DE MANCHETES. NÃO TINHA COMO O PESSOAL DA CHEFATURA OLHAR PELA JANELA E NÃO LER A MENSAGEM GRAÇAS A ISSO TIVERAM QUE ME SOLTAR E RECEBI SALVO CONDUTO DE 2 SENADORES, UM DO PARTIDO BRANCO E OUTRO DO PARTIDO COLORADO, PARTIDOS BURGUESES MAS ERAM SENADORES DE ESQUERDA.

NUNCA soube quem foi esse policial que salvou minha vida.

Veja que na manchete de onde se lê o meu nome Euclides TEM MUITAS OUTRAS HISTÓRIAS COMO DE MEU AMIGO DE EXÍLIO E SOCOI DE CERÂMICA EM BH EM 77 ATÉ 79, QUE EM MONTEVIDÉU NÃO CONSEGUIU EMPREGO MESMO SENDO TORNEIRO MECÂNICO DE 1ª E ENFERMEIRO DE CLÍNICA PSIQUIÁTRICA, ENTÃO, ELE PASSOU 7 ANOS DO EXÍLIO TIRANDO "OURO DO LIXO.".

SE VOCÊ AMPLIAR O 1º JORNAL DO BILHETE VERÁ O BILHETE AMPLIADO NA 1ª PÁGINA.

Eu tô salvando mesmo pra olhar.

Realmente dá para ler, "dois jovens brasileiros" e sobre a nota de 100. Achei, "Euclides Garcia Paes".

Aroldo Historiador
São Paulo/Ceará  via Facebook de 28 de agosto a 12 de setembro de 2016

As imagens a baixo: 









---------------------------------------------------------------------------------
Atualização em 13/09/2016


Olá Aroldo! Desculpe, mas tem umas retificações a fazer no texto: Na parte onde eu coloco que o policial levou Cláudio pro hospital mais próximo, esse hospital era do Sindicato dos Médicos, e não o Hospital Militar. Me disseram que o médico que fez a sutura da veias de Cláudio foi o Dr.Tabaré Vasquez. Não conferi isso ainda! 

Depois que deu a entrevista ao jornal "De Frente",ele foi levado pelos policiais pra ficar algemado á cama no Hospital Militar, onde ficou muitos dias.

Um grupo de exilados brasileiros entrou em contato com o pai de Cláudio que morava em Porto Alegre e era uruguaio. Ele veio pra Montevidéu, inclusive foi entrevistado pelos jornais e assim com a prova de que Cláudio tinha dupla nacionalidade pode ficar no Uruguay. 

O amigo de exilio, de 1969 a 1970 (período em que fiquei no Uruguay, era João batista Braga,já falecido, mas sua esposa, que é uruguaia, mora em Belo Horizonte. Ele tirava ouro do lixo, coisa que eu presenciei várias vezes. Ele ia até uma das muitas oficinas de jóias de Montevidéu e deixava um saco de plástico grosso e grande com etiqueta da joalheria e pedia que guardassem nele todo o lixo varrido na oficina por 6 meses, quando então ele viria buscar. 

Esse lixo era depositado num chão de cimento na pensão e com álcool ou gasolina (não me lembro agora, era queimado, depois era colocado num frasco de boca larga com um ácido "A", depois de algumas horas (o suficiente pra que a ação desse ácido tivesse surtido efeito, ele tirava o "lixo", lavava e colocava em outro frasco de boca larga e com outro ácido,"B". E assim fazia com uma dezena de ácidos até que ficava apenas uma amálgama de ouro e prata, ele colocava essa amálgama num recepiente com solução salina e com bateria e 2 fios ele fazaia a eletrólise (acho que era assim). 

Separava, portanto, o ouro da prata. Levava um grão de ouro, ou de prata pra oficina, que assim se dispunha a guardar o lixo varrido nelas para ele. E quem diria "sobreviveu", mas sim viveu bem por quase 7 anos em Montevidéu. Depois voltou pra Belo Hiorizonte onde o re-encontrei e ele, que tinha uma produção de bichinhos de papier-machê, me convidou pra que em sociedade montássemos um Atellier de Cerâmica de técnica de pintura de engobe, e motivos Nazcas. 

E lá morei de 1977 a 1979, quando houve a anistia e pude voltar à minha cidade natal,Araçatuba. Eu tive que sair de Curitiba, pois durante o "Pacote de Abril, em que o presidente militar Geisel fechou o Congresso ,e pra evitar que o MDB continuasse ganhando votos, criou o "senador biônico" ou "senador de proveta", que era escolhido pelas hostes da "situação" de apoio à ditadura, impossibilitando a oposição de efetivar leis, etc. 

Eu e um amigo diante da atitude do prefeito de Curitiba, nomeado pela ditadura, que resolveu criar um "factoide" pra desanuviar o ambiente carregado, inventou de uma "Semana Ecológica, onde colocou vários Outdoor centrais empapelados de branco e já dispôs de um tablado alto pra que artistas plásticos contratados pintassem desenhos e frases ecológicas. Eu e Reinaldo Áten, fomos até um deles que ficava atrás da "boca maldita" e enquanto Reinaldo escrevia poemas de protesto eu desenhei toscamente (pra evitar que soubessem que o autor era desenhista) uma borboleta e coloquei suástica nazista nas asas e uma cara com óculos, simulando o Geisel. e Escrevi "LIBERDADE PRAS BORBOLETAS E O RESTO QUE SE LASQUE! " VIMOS AO SAIR QUE UM FUSCA DE UM REPÓRTER DA VEJA FOTOGRAFOU E DEPOIS SAIU PUBLICADO NA REVISTA COMO "REVOLTA DA POPULAÇÃO CURITIBANA COM O FECHAMENTO DO CONGRESSO.

DEPOIS COMEÇARAM, AGENTES DA REPRESSÃO A PERGUNTAR NO "BOCA MALDITA" (ÁREA DE CALÇADÃO FECHADO COM BARES DE AMBOS OS LADOS ONDE SE REUNIAM ARTISTAS, JORNALISTAS, PUBLICITÁRIOS, POLÍTICOS) "QUEM TERIA FEITO A BORBOLETA". EU VI QUE A COISA PODERIA ESQUENTAR PRO MEU LADO POIS HAVIA UMA SÉRIE DE COISAS QUE EU NÃO TINHA CONTADO QUANDO PRESO NO DOPS EM 1973 E POR ISSO RESOLVI MUDAR COM A FAMILIA PRA BELO HORIZONTE, ONDE VIVI NUMA SEMI-CLANDESTINIDADE, POIS MORAVA EM CASA ALUGADA PELO PRÓPRIO PROPRIETÁRIO E FAZENDO ARTESANATO QUE NÃO USA NOTA FISCAL NEM TEM FIRMA REGISTRADA.




VEJA ESSE HQ IMPRESSO NO JORNAL "NANICO" SCAPS, FEITO E DOADO PRO JORNAL QUE ERA DIRIGIDO PELO RETAMOZZO, JUSTAMENTE UM GAÚCHO, AMIGO DO CLÁUDIO, QUE MORAVA E TRABALHAVA EM CURITIBA HÁ ANOS COMO DIRETOR DE ARTE, E ERA ARTISTA PLÁSTICO. 

ESSA HQ: " A COISA' EXPRIME BEM O QUE FOI A DITADURA E O QUE SE APRESENTA HOJE PRA NÓS, COMO SE FOSSE ALGO TERRÍVEL. FOI DOADA PELO LUÍS FERNANDO VERÍSSIMO PRO JORNAL, COM TAMBÉM RECEBÍAMOS GRATUITAMENTE MUITAS REPORTAGENS DE GENTE CONHECIDA NOS MEIOS JORNALÍSTICOS. ERA O ESPÍRITO COLABORADOR DA ÉPOCA.

[AS IMAGENS CITADAS A SEGUIR]



---------------------------------------------------------------------------------

Sobre os ajustes nesta própria postagem: 

Euclides:_ Desculpe amigo, te disse que faria logo o conserto da ordem das fotos dos jornais, mas eu não achava teu blog "Exposição Itinerante Ditadura Militar.... é SEGUINTE A ALTERAÇÃO:

A 1ª foto na ordem de sequencia será o artigo sobre o sequestro e devolução de 1966,de um amigo meu sindicalista Delson Plácido Teixeira (que o jornal escreve errado como Nelson, falecido ano retrasado em Santos. 

a 2ª será a manchete"Entregan ao Deops asilados brasileiros", são outros exilados entregues bem antes de eu e Claudio. 

3ª será : "Vendrá el jefe del Escuadrón de la Murte"

4ª será a manchete do bilhete preso aos 100 pesos (1ªpg), 

5ª será a pagina 2, do mesmo numero de jornal "Dramático pedido de brasileños á "DE FRENTE",
6ª será "Donde están los dos?", que ,sabíamos que quando os jornais parassem de noticiar em manchetes e a notícia fosse pra dentro em artigos pequenos correríamos risco de sermos levados pro Brasil, por isso mesmo fizemos o plano "B", de cortarmos as veias do braço, caso isso ocorresse e viessem nos buscar. 

7ª será aquela que está na ordem anterior em 1ª ou seja: quando Claudio cortou as veias,

8ª é do mesmo nº e dia do mesmo jornal manchete de ultima página, 

9ª será "Concederiam hoy asilo al brasileño" (que levou muito mais tempo), 

10ª "El otro asilado estaria en el cuarto piso de la jefatura", manchete de 1ªpag. 

e depois tem aquele da borboleta (que não me lembro da data),mas foi quando ainda os 15 Outdoors ainda não tinham sido começado a pintar, e depois o do Juarez Machado pintando num dos Outdoors, pra operação "factoide" preparada pelo prefeito curitibano pra disfarçar o absurdo do "pacote de abril".

Nenhum comentário:

Postar um comentário