sexta-feira, 3 de novembro de 2017

VENDAVAL

VENDAVAL

Quem lembra da expressão "dinheiro na mão é vendaval"? Bem, tudo a ver com Brasil. Mas os ventos só sopram e de sobra para onde a correnteza sempre esteve forte e nunca foi necessário. 

Enquanto tanto coxinha tem cabeça de vento, é sempre tempo de ver o voo e fogo do dragão que machuca a massa e passa a força para quem já tem força enquanto a gente luta em vão.

Apesar de quê há sempre um grito que ecoa no infinito contra a corrupção!

Ateu Poeta
03/11/2017

Nenhum comentário:

Postar um comentário