quarta-feira, 24 de outubro de 2018

POLICIAL SERÁ HOMENAGEADO POR AGREDIR MORADOR DE RUA

POLICIAL SERÁ HOMENAGEADO POR AGREDIR MORADOR DE RUA


É isto mesmo, o policial em vez de ser afastado, será homenageado pela Câmara Municipal da cidade de Porto Belo-Santa Catarina- por ter agredido um morador de rua, segundo o site "Jornal Razão". 

Segundo o site "G1" um inquérito policial militar será instaurado para apurar as agressões, que se deram inclusive com um cone da polícia no dia 20/10/2018.

Aroldo Historiador
24/10/2018
------------------------------------------
"PM que agrediu morador de rua será homenageado em Porto Belo
24 Outubro 2018 20:12:00
A Câmara de Vereadores de Porto Belo aprovou uma homenagem para o Policial Militar flagrado no último final de semana agredindo um morador de rua em frente ao destacamento da PM da cidade.

A moção de apoio foi protocolada pelos vereadores Joel Lucinda (PTB) e Silvana Stadler (PTB). Eles afirmaram que justificam a homenagem por conta da postura do policial ter sido firme e profissional, sendo necessário apoio e admiração. Os vereadores Rosaura Rodrigues (PT), Jonatha Cabral (PT) e Jonas Raulino (MDB) votaram contra a moção, que acabou sendo aprovada.

Na segunda-feira (22), um médico e um psicólogo avaliaram o Sargento que aparece nas filmagens e o consideraram apto para o trabalho, sem nenhuma restrição. De acordo com o comandante do 12º BPM (Batalhão da Polícia Militar) de Balneário Camboriú, tenente-coronel Evaldo Hoffmann Júnior, o sargento responsável pelas agressões tem 48 anos de idade e 28 de serviços prestados.

O comandante justificou ainda que o mendigo é consumidor de drogas e vive "incomodando" em Porto Belo. Hoffmann disse que o correto seria encaminhá-lo a uma clínica para tratamento de dependência química, mas haveria resistência por parte do suspeito e o Ministério Público não autoriza internação compulsória."


"Vídeo mostra agressão de policial contra morador de rua em SC

Agente utilizou cone para atingir o homem que estava embaixo de uma marquise. Ele também teve a roupa molhada por água, que foi jogada por um morador.

Por NSC TV
20/10/2018 21h13 Atualizado há 4 dias

Polícia é flagrado agredindo morador de rua em Porto Belo
NSC Notícias - SC



Policial é flagrado agredindo morador de rua em Porto Belo

Um inquérito policial militar será instaurado para apurar a conduta de um agente que foi flagrado em um vídeo agredindo com um cone de sinalização uma pessoa em situação de rua, em Porto Belo, no Litoral Norte catarinense. O caso ocorreu na madrugada deste sábado (20).

O vídeo mostra a última parte da abordagem, em que o agente se aproxima do homem, retira o cobertor e bate duas vezes com um cone. Depois chuta alguns pertences e mais uma vez comete a agressão. O morador de rua estava embaixo de uma marquise em frente a um posto da polícia.

"Não faz eu voltar aqui!", advertiu o policial no vídeo. O agente volta até a base e leva o cone que é da PM. No vídeo, também é possível ouvir a expressão "Que belo exemplo, hein, PM de Porto Belo?".

A voz é do autor do vídeo Helliel da Silva. Em entrevista a NSC, ele explicou que tinha dificuldade para ouvir as falas do homem e que precisou chegar próximo para compreender o que estava acontecendo.

"No começo ele gritava algumas coisas que não dava para entender, mas quando eu cheguei mais perto deu para identificar. Ele falava assim: que frio, que frio", afirmou.


Policial foi flagrado em vídeo; ação foi registrada em Porto Belo — Foto: Reprodução/ NSC TV

Balde de água fria

A Polícia Militar disse que recebeu uma ligação pelo 190 com a reclamação de que o morador de rua estaria gritando na rua e fazendo atos obcenos.(sic)

Vizinhos contaram à reportagem que ficaram irritados com o barulho. Um deles chegou a jogar água no homem.

"Ele gritava demais como se ele tivesse drogado, tivesse usado alguma coisa. Estava fora de controle [...] Eu tomei uma iniciativa para afugentar o mendigo taquei um balde de água fria realmente nele", afirmou o corretor Josias Souza.

Em um vídeo feito antes da agressão, mostra o morador de rua tirando a camiseta que ficou molhada.

Cone de sinalização

Em nota oficial, a PM disse que o homem estaria com o cone da polícia enquanto incomodava a vizinhança.

No entanto, o responsável pelo vídeo disse que o policial estava com o equipamento. "Foi de dentro do batalhão que ele trouxe o cone para fazer a tal ocorrência", disse Silva.

Outro lado

A PM diz que o morador de rua foi advertido pelo policial para que ficasse quieto, mas não obedeceu. Segundo os moradores, a discussão entre eles durou vários minutos, até o início das agressões.

"Não é o que a Polícia Militar preconiza, nós temos o procedimento operacional padrão da Polícia Militar em que o primeiro contato, a primeira verbalização é de orientação e no caso de uma reincidência deveria ser lavrado um termo circunstanciado pela perturbação do sossego alheio e pelo ato obsceno que estava sendo realizado no local", explicou o tenente-coronel e comandante do 12° Batalhão da Polícia Militar, José Evaldo Hoffmann Junior.

Investigação da conduta

O policial flagrado no vídeo, que não teve o nome divulgado, tem 27 anos de serviço e, de acordo com o comando, tem histórico de atuação exemplar.

Um inquérito policial militar vai ser instaurado para apurar a conduta dele. Caso o inquérito concluir que o policial cometeu algum crime, ele será julgado na capital. Na segunda-feira (22), o policial vai passar por uma avaliação psicológica realizada por um médico da PM."


Nenhum comentário:

Postar um comentário