quarta-feira, 10 de julho de 2019

O HISTORIADOR LEANDRO KARNAL TEM RAZÃO EM PARTE


O HISTORIADOR LEANDRO KARNAL TEM RAZÃO EM PARTE

O #historiadorLeandroKarnal ainda tem algumas coisas interessantes a ensinar. #O_erro_de_Karnal aqui é falar mal dos "#pagãos", sendo que pagão vem de "#Pagü"; que significa "#vilão" ou "#camponês": morador da vila ou morador do campo. 

"#Bandido_bom_é_bandido_morto" não tem a ver com paganismo, mas sim com o próprio #rito_de_matar_o_inimigo; e, na #IdadeMédia, ao contrário do que Karnal prega, foi o 2º #período_em_que_mais_se_queimou_pessoas_vivas, para "#salvar_a_alma", usando exatamente o discurso de "amar o outro". Período que perde apenas para o Holocausto causado por #AdolfHitler, que, apesar de ser católico, misturava vários mitos germanos, celtas e de outros povos, inclusive acreditando no sistema de casta, que foi criado pelo povo ariano.

O que acontece hoje em dia, ao contrário do que Leandro Karnal prega erroneamente, é uma simples reprodução continuada da Idade Média que continua inclusa nas culturas religiosas. 

Mas, fora estes erros do Historiador Leandro Karnal, ele tem razão quanto ao teor de pregar o bem e fazer o mal ser a forma pior de maldade que se possa existir e isso se faz em nas demais religiões também.

Ele usa o cristianismo aqui porque fala para plateias cristãs em um país que é um dos que tem mais cristãos do mundo, mas para ter critério científico deveria estender o que diz para o restante das religiões, mesmo àquelas politeístas onde a questão de bem e mal variava de acordo com o deus a que se seguia. 

Inclusive, falar de Jesus sem falar de muçulmanos, hebreus e judeus é bastante incompleto, pois a figura do tal messias não gerou uma só religião, mas várias, e o cristianismo em si tem uma gama imensa de sub-religiões que brigam entre si também; mesmo com os papas fazendo campanhas ecumenistas de tempos em tempos a ganância dos religiosos não permite que eles se unam permanentemente. 

#AroldoHistoriador
10/07/2019

Nenhum comentário:

Postar um comentário